segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Hibernar, mas só q.b.

Sim, é verdade, janeiro não é propriamente um mês de jardinagem intensa. Mas ainda assim não falta que fazer. Na extensão da horta dos Nabos que cresceu no 7º piso vive-se a grande azáfama da preparação de canteiros para as sementeiras de primavera. Dois compostores foram despejados e a fertilização com este húmus de primeira está em marcha! O único senão é que a oferta ainda não está à altura da procura. Mas com o donativo pela Lipor do 3º compostor em dezembro espera-se que 2014 se venha a revelar, além de ano do cavalo, o ano da compostagem autossuficiente. Ou não fosse 2014 o Ano Internacional da Agricultura Familiar (Nações Unidas dixit).

Sem comentários:

Enviar um comentário